Montagem da Linha Digitável

Cada banco possui uma característica na montagem da linha digitável. Este tópico irá contemplar a diferença para cada banco.
Pode ocorrer na implantação de um novo Tipo de Cobrança o Banco informar que a Linha Digitável está incorreta. Para corrigí-las é importante que saibamos como ela é composta. Este tópico apresentará essa composição e a partir dela é possível localizar as informações na configuração do Tipo de Cobrança para a devida correção.

Vejamos a seguir a linha digitável:

Banco

Moeda

CL 1-5

DV

CL 6-15

DV

CL 16-25

DV

DV

FV

VALOR

1 2 3

4

5 6 7 8 9

0

1 2 3 4 5 6 7 8 9 0

1

2 3 4 5 6 7 8 9 0 1

2

3

4 5 6 7

8 9 0 1 2 3 4 5 6 7

Legenda:

  • CL - Campo Livre (varia de banco a banco).
  • DV - Dígito Verificador (padrão Febraban)
  • FV - Fator de Vencimento
  • Máscara da linha digitável - 99999.99999 99999.999999 99999.999999 9 99999999999999 (os dígitos estão em negrito).

Com exceção do Campo Livre as demais informações são sempre as mesmas, independente do banco:

  • Banco: Sempre o código do banco com 3 dígitos. O Bradesco é 237, Itaú é 341 e assim por diante. Veja mais em Bancos
  • Moeda: É um código fixo para a moeda utilizada. Atualmente todos os bancos usam 9 para o Real
  • Fator de Vencimento: Indica o vencimento, pois é o nº de dias entre 07/10/97 até o vencimento. Entre 07/10/1997 e 29/06/2009 são 4283 dias, nesse caso o fator de vencimento para um boleto que vença em 29/06/2009 será 4283.
  • Valor: É o valor do documento com 10 dígitos sendo 8 inteiros e 2 decimais sem vírgulas ou pontos. Se o valor for 2.578,37 teremos 0000257837

O Campo Livre, que contém 25 dígitos, aí sim varia de banco para banco e é esse o grupo de informações que pode dar problema numa implantação de cobrança eletrônica. Veja, em cada banco, como esse campo livre é composto.

Detallhamento do Campo Livre (CL) para cada Banco:

  • No labels